sexta-feira, 23 de novembro de 2007

tragédia II

Fiquei surpreendido (ou não!) com as declarações do Presidente da CMF. Para ele não é tempo de saber se aquela construção foi ou não licenciada. Ora, engana-se. Este assunto terá de ter a intervenção do ministério público porque morreram duas pessoas. Daí ser absolutamente essencial saber o que se passou em termos de responsabilidades camarárias. Do meu ponto de vista se não foi licenciado é grave, se foi é gravíssimo.

1 comentário:

BaBy_BoY_sWiM disse...

Interessa é apurar as responsabilidades... E mais... Terão que haver mais estudos geologicos para que não se volte a repetir nenhuma situação semelhante...