sábado, 10 de novembro de 2007

Nuno, o Vice do Tecnopolo


Conheço o Nuno Nunes há muito tempo. Foi meu colega de escola. Tenho a melhor das impressões das suas capacidades profissionais. É um jovem, da minha idade, ligado às novas tecnologias com um percurso sobretudo académico. A escolha para Vice Presidente do Tecnopolo é muito boa. O Governo Regional e o Vice Presidente fez bem e, sinceramente, não vejo outra opção melhor no contexto da Madeira. Devo dizer que, apesar de tudo, é indispensável garantir que o Tecnopolo não se reduza ao que fez até hoje ou, tão mau como isso, permita um domínio desproporcional da Universidade. O Nuno sabe disto e pode ser bastante útil a garantir que este Tecnopolo possa ser um contributo para o desenvolvimento da Madeira. Mas, ainda é cedo para apreciações desta natureza.

Quero antes registar o seguinte: o Nuno tem andado muito próximo do PS. Tem tido a frontalidade (rara na Madeira) de se envolver em matérias que acredita, sem "medo" de dar a cara (dentro das restrições adequadas) por projectos. Lembro que participou numa sessão de contributos para a minha candidatura à CMF, foi o mandatário, jovem, da candidatura de Mário Soares. Enfim o que é preocupante é que o PS não encontrou a fórmula para garantir que mantém próximo de si quadros com este nível de credibilidade. É pena porque é aí que reside um dos aspectos importantes da esperança de renovação. É óbvio que é muito difícil competir com o poder que oferece lugares e mais lugares. Mas existe outras fórmulas. O PS Madeira tem de saber utilizá-las.

2 comentários:

amsf disse...

Se não estou equivocado também participou na campanha da legalização da IVG.

Alexandro Pestana disse...

Actualmente o Tecnopolo só serve mais para festança do que para outros fins... É preciso mudar isso...