quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Credibilidade do governo

O Banco de Portugal, e o seu Presidente, apresentou previsõpes que confirmam o crescimento para 2007 (1,8%). É pouco, é verdade, mas confirma as previsões do governo. Uma preciosidade para a cavalgada na credibilidade que este governo continua a ter.

1 comentário:

Alexandro Pestana disse...

Pelo menos Sócrates está a por as contas do país no sítio e a afinar o sistema educativo, so que todas as mudanças causam revolta em alguns que estavam mal habituados a comer sem trabalhar, mas as coisas tem de ser assim mesmo... Não se pode agradar a gregos e a troianos.... Eu sou da área de informática e já tive oportunidade de ver cá no continente o salto que se deu com o choque tecnológico e a imagem que os outros paises da UE tem de nós agora é que somos um país que em poucos anos deu um salto brutal no e-government, o que a médio e longo-prazo se vai reflectir positivamente na economia.