segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Cabecinha (s) pensadora (s)


Numa altura em que todos se indignam com a "luta livre" do jogo do Nacional eu chamo a atenção para o disparate da construção de um estádio de futebol a 600 metros de altura, a meio da floresta e a violar o PDM!!!

Este estádio não faz nenhum sentido por duas razões: é um desperdício de dinheiro público porque a solução devia ser a de apenas um estádio para o futebol e, em segundo lugar, quem se lembrou de construir um estádio na Choupana, e quem o autorizou, merece uma estátua de "homem de espírito curto", só para ser simpático porque a palavra certa é idiota!!!

3 comentários:

Duarte Gouveia disse...

Um estádio na 600 metros? Uma cidade inteira...

http://melhor-do-que-o-teu.blogspot.com/2008/01/nacional-atira-pedras-aos-vizinhos.html

Anónimo disse...

uma cagada urbanística ainda por cima junto de um empreendimento tur´stico de referência na oferta tur´stica nacional. E cá para nós tb do teu refúgio.

Alberto Gonçalves disse...

Receio haver mais uma história dentro desse triste espectáculo. Fica a minha solidariedade com o repórter de imagem e com o Sindicato dos Jornalistas que foi condicionado por um indivíduo que é somente o Delegado-Regional da ANACOM, uma entidade fiscalizadora de um organismo tutelado pelo Ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações.
Simplesmente não sabia que em "part-time" essa entidade andava a "censurar" a captação de imagens de profissionais da comunicação social. Seria bom que a ANACOM ou o ministério da tutela, se pronunciasse quanto à actividade de um seu elemento com incumbências directivas, armar-se em "segurança" com rasgos de censura!!
Além do mais, sabe Deus que mais incompatibilidades há ou houve na fiscalização de projectos da especialidade naquele complexo desportivo.