quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Mais rigor

O DN Madeira, na sua edição de hoje, resolveu misturar "alhos com bugalhos" ao colocar no mesmo plano, e aparentemente na mesma linha de gravidade, autarcas que não entregaram dentro do prazo uma declaração de património, com autarcas que são suspeitos de indícios graves de corrupção. Era de esperar um bocadinho mais de rigor.

1 comentário:

gaúdio disse...

Percebo o reparo do deputado Carlos Pereira. As várias "pinceladas" feitas no DN-Madeira, fazem brotar um "estado de desgraça" que tocou alguns autarcas, sem dúvida.
No entanto o que eu não entendo (e certamente muitos outros portugueses também não), é que a Justiça é célere nuns casos e noutros, não. Uma simples questão: de que estão à espera as entidades judiciárias para determinar a perda de mandatos dos prevaricadores executivos que "tomaram de assalto" a Câmara Municipal do Funchal, tornando-a um autêntico "quintal privado"??
Acham que tudo isto é uma politização da Justiça? Dirão outros, uma judicialização da Política?
No meio termo todos sabemos que algo vai MAL, (há muito tempo), mas continuamos a assobiar para o lado!