terça-feira, 30 de outubro de 2007

Indigno

Estou na Assembleia há alguns meses, tenho efectuado algumas intervenções mas até hoje só apareço de costas para as câmaras da RTP Madeira. Acham isto razoável? Acham justo? Isto configura um tratamento igual? É digno de uma televisão que tem responsabilidades de serviço público? Da minha parte, não baixarei os braços enquanto esta miserável situação não acabar. De facto, apesar de muitos não quererem a oposição tem rosto...

3 comentários:

Anónimo disse...

Enquanto tivermos essa RTP-Madeira, muito sinceramente não espere mais por essa estação do poder. Há causas que até os santos recusam. O regime açambarcou-a e manietou a sua direcção. Remédio para aquilo? Sintonizar outra coisa. Até o Panda serve.

amsf disse...

Sinceramente não percebo como é que o grupo parlamentar do PS permite esta situação...virem-se para as câmaras e virem as costas à mesa e aos deputados da maioria.

Numa primeira fase parece que o PS acreditou que o novo sistema de recolha de imagens ia resolver essa questão mas neste momento não há mais desculpas para continuarem a pactuar com a situação...

Tal como se uniram na CMF para pedir a Assembleia Extraordinária também ai a oposição deve unir-se e falar directamente para os eleitores ou seja directamente para as câmaras sempre que estas estejam presentes...

Alexandro Pestana disse...

Há muita gente que se vende nos meios de comunicação social na Madeira, por isso faz todo o sentido fazer essa RES Pública e começar a receber queixas como a DECO e dizer as pessoas o que devem fazer pra se defender ou voces mesmo agirem pra defender as pessoas. Só tem a ganhar com isso, pois os PSDs o que querem é tacho e obras para inaugurar, mais nada.