segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Falta de vergonha

O Presidente da CMF, Miguel Albuquerque não vai às reuniões de vereação. Parece que já faltou 3 ou 4 seguidas. Segundo fontes (que não posso divulgar) o Senhor está a ensaiar, de forma desenfreada, para um concerto de Jazz que deverá ocorrer no Funchal muito brevemente ( alguns de vós receberão o convite apropriado além do que será largamente divulgado pela Saber...). Não tenho nada que ver com a vida de Albuquerque. Obviamente que o Senhor pode fazer o que quiser da sua vida privada. Mas importa reflectir sobre dois aspectos: colocar em primeiro lugar os seus interesses "artísticos" penalizando a actividade executiva da CMF, deve merecer um reparo convicto e público; em segundo lugar, fazer um espectáculo em que ele é o principal protagonista com o apoio da CMF é uma grande falta de vergonha na cara.
Bom, haverá quem achará que este tipo de comentário é exagerado. Do meu ponto de vista, este tipo de comportamento do Senhor Dr. Miguel Albuquerque define, de forma indiscutível, um determinado perfil de comportamento. Aliás como é do conhecimento público esta atitude não é pontual...

3 comentários:

RB disse...

O Sr. Albuquerque faz do voto dos funchalenses um cheque em branco para fazer da autarquia o seu quintalinho.
Acho inadmissível a CMF promover um evento de que Albuquerque é interveniente como "artista". Já não bastava a teia de promiscuidades protagonizadas pelas suas vereações, para agora aparecer "numa" de artista com o apoio da CMF, de que ele é presidente!
Por pouca margem que os seus dotes "artísticos" sejam menos nefastos para os funchalenses, do que a sua competência como autarca, creio que o edil Albuquerque bem dispensava mais este "tiro no pé", a somar à enorme teia de suspeições em que está envolto.
A não ser que Albuquerque pense numa carreira exclusivamente artística a bem do Concelho.

amsf disse...

Por falar em faltar cheira-me que os membros dos PSD vão provocar falta de quorum para fugir ao confronto na sessão extraordinária de hoje!

rb disse...

Sim caro amsf. Os meninos bem-comportados do PSD "encarneiraram-se" uma vez mais pela bitola dos sabichões, e dando um ar despretencioso de quem não deve nada, apenas manifestaram-se a sua maneira de estar na política: FUGINDO às suas responsabilidades! Como se esse expediente pouco digno fosse esbater a oportunidade de Albuquerque se expiar!...
Contudo não os censuro inteiramente, pois a "dama" que visam defender é simplesmente INDEFENSÁVEL. Além do mais neste dia em que estava agendada a Assembleia Municipal Extraordinária, há um "DOLCE VITA" para inaugurar em que há fotos sociais em que a presença desta "nata" se impõe, pois o compromisso de tornar legal e transparente um processo OPACO, tem de ser honrado até ao fim tal como as celebrações e ritos mafiosos da "COSA NOSTRA"...