quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

A intoxicação habitual...

Este Senhor anda sempre num histerismo esquizofrénico e, na mair parte dos casos, tenta confundir toda a gente de modo a consolidar um estilo de propaganda que já teve melhores dias. Desta vez o esforço é para salvar a iniciativa política de chamar o Presidente da TAP, por parte do PSD. Ou seja, quase ninguém percebeu o que queria o PSD do Engº Fernando Pinto. Nem o próprio PSD. A barracada foi tanta que as únicas questões (legitimas diga-se) era sobre o preço dos bilhetes. O problema é que esses formam-se no mercado liberalizado. Um processo da responsabilidade da Senhora Secretária do Turismo e Transportes, a mesma que foge como o diabo da cruz de debates na ALRAM depois de ter apanhado uma "tareia" com o debate dos Portos. Sendo assim, se as perguntas faziam sentido, o destinatário não. Quanto à pergunta relativamente à razão da easy jet fazer preços mais baratos é outra tontice do Senhor em causa. O mercado está liberalizado cada qual (cada empresa - e são só duas por causa do PSD!) assume o preço que quer. Ou seja, a TAP tem perdido clientes? A TAP sente-se ameaçada pela easy jet? Se assim acontecesse garanto que já tinha alterado a estratégia de preços. Repito, deixem-se de desviar a atenção do essencial.
Apesar de tudo valeu a pena a vinda do Presidente da TAP por duas razões que o Senhor em causa não gostou: o aeroporto da Madeira é o mais caro onde a TAP opera e (veja-se esta pérola) o Governo do PSD e a Secretária dos Transportes nunca (jamais) pediu uma reunião à TAP! Há coisas fantásticas...

2 comentários:

Anónimo disse...

já esclareceu.. a criada já tratou disso...como sempre combinado ao almoço onde entra também aquele assessor dos recursos.

José Luís disse...

Bem dito.É pena que a maioria dos madeirenses não se apercebam de toda esta tramoia.Continue a desmascará-las.Está de parabéns pelas suas denúncias deste regime sanguessuga em que vivemos.Cumprimentos.