segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Bem, bem...

Querem ver que a defesa na Assembleia Municipal coordenada superiormente pelo Senhor Presidente da CMF e com o apoio dos deputados do PSD assentou num argumento de força que não passa de uma (mais uma) enorme MENTIRA: o Tribunal de Contas não fez qualquer auditoria Às contas 2003 e 2004. E agora? Em que ficamos? Como se esclarece esta tentativa de fuga para a frente? E, sobretudo porquê? Isto está bonito...

1 comentário:

observer disse...

Pora falar em "auditorias", é tanto o medo delas, que nem uma "auditoria de certificação" (na área da Qualidade), um departamento muito "particular" da CMF se digna submeter-se, após um atribuladíssimo processo de implementação...Alguém sabe do dinheiro gasto nisto tudo para apenas recuar e "esconder a incompetência para debaixo do tapete"??