sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

As propostas do PS

O grupo parlamentar do PS, na sequência da análise da proposta de ORAM 2008, do Governo do PSD, considera estar perante um documento sem arrojo, sem sentido reformador e sem a necessária mudança de paradigma, no quadro das opções de política económica / social. Apesar do PS Madeira não se rever, minimamente, no essencial das matérias mais relevantes deste documento, pela sua responsabilidade, enquanto maior partido de oposição, pelo dever de contribuir para minimizar os “estragos” que esta proposta do PSD representa para a população da Madeira e Porto Santo, apresentaremos um conjunto de propostas de alteração.

Na verdade, mesmo tendo consciência que a base orçamental apresentada pelo PSD é bastante má e dificulta a sua adaptação adequada aos desafios actuais da RAM: criação de emprego, combate aos problemas sociais, diversificação da economia, criação de riqueza, reforço do papel da educação e atenção prioritária ao papel do sector privado, não hesitaremos em sugerir mais de 20 propostas que, caso sejam aceites, podem contribuir para um plano mais equilibrado e bastante mais de acordo com a realidade da RAM, as necessidades das suas gentes e as recomendações da União Europeia, em matéria de desenvolvimento económico.

Desta forma as propostas apresentadas estão divididas em 3 grandes eixos:

Eixo 1 - apoio ao desenvolvimento empresarial para criar riqueza e emprego: contributo para o advento de um novo modelo consolidado na diversificação da economia, no suporte adequado ao turismo, aposta no investimento público de qualidade e na sustentabilidade.


Eixo 2 - reforço da atenção aos aspectos sociais


Eixo 3 – reforço da aposta na educação, inovação e sociedade do conhecimento

2 comentários:

Alexandro Pestana - www.miradouro.pt disse...

Se lhes falasse em fazer um TGV regional e mais uns furados na Madeira para darem direito a ofertas de jipes a encarregados de obras nessa lista de propostas, de certeza que os meninos laraja iam ficar contentes.... hehe

Alexandro Pestana - www.miradouro.pt disse...

Eles não podem cortar as tetas que amamentam a máquina politico-partidária, por isso não podem acolher de forma alguma as vossas propostas... Já agora, a câmara do funchal não faz como a de são vicente? de oferecer pinheiros de plástico ao eleitorado laranja com o dinheiro do erário público? Veja isto: http://www.miradouro.pt/forum/viewtopic.php?p=548