domingo, 29 de julho de 2007

Com propriedade


Augusto Santos Silva (ASS) disse no congresso do PS que sem uma sociedade civil forte e interventiva não há democracia. Concordo em absoluto e sublinho que o PSD capturou a sociedade civil da Madeira. Tudo se faz numa lógica de seguidismo e bajulação. Em alguns casos ( apesar de tudo, poucos) os protagonistas envergonhados com o triste papel e serviço que prestam à democracia e à Madeira procuram disfarçar a falta de convicção neste papel de terceiro nível a que, normalmente, se sujeitam. Contudo, fazem-no sempre timidamente, sem coragem e verticalidade para defender o bem comum, a democracia e a liberdade de expressão. Assim, o resultado final é sempre o mesmo. É pena.

1 comentário:

BaBy_BoY_sWiM disse...

Alguém deu boleia para o aeroporto? É que podia haver um taxista mal intencionado...

Agora com o novo líder do PS espero que tudo fique melhor! Este promete que não fará vassalagem ao Pinto de Sousa, só por isso já merece atenção dos madeirenses!