terça-feira, 20 de outubro de 2009

Declaração


Não estou de acordo com o voto do grupo parlamentar do PS Madeira à proposta de revisão do PSD à LFR.  Naturalmente que acompanhei a referida votação como sempre tem sido meu apanágio ao longo destes últimos dois anos e esta forma de estar é o meu modesto contributo para o reforço da coerência externa do PS Madeira e, sobretudo, para a consolidação da credibilidade do partido. Contudo, nesta matéria, pela importância que a LFR teve no mapa político da Madeira, pela demagogia que a proposta do PSD encerra, assumindo mentiras, propaganda e debilidade técnica, e, sobretudo, pela estratégia pré-definida pelo grupo Parlamentar do PS Madeira que apontava para abstenção de modo a contribuirmos decisivamente para uma boa alteração, manifesto claramente o meu incomodo e desagrado por esta decisão de última hora, em plena discussão da proposta, o que não abona nada à credibilidade do PS Madeira.
Reafirmo que neste caminho difícil (de propaganda e mentira miserável da parte do poder) o PS Madeira tem de ser capaz de manter os seus próprios princípios e, sobretudo, as suas mais óbvias convicções. por isso, sublinho que foi um momento infeliz do PS na ALRAM. Apesar de tudo, estou certo  ter ficado claro para todos a fragilidade da proposta do PSD e a mentira que este partido, através do governo e do grupo parlamentar, anda a "oferecer" a todos os madeirenses empolando de forma estonteante o impacto da actual LFR e escondendo a sua efectiva avaliação. A proposta do PSD é, por tudo isto, uma má proposta e não resolve o essencial dos problemas em cima da mesa, por isso a abstenção do PS Madeira apontava para o contributo decisivo para uma proposta adequada aos interesses dos madeirenses no quadro da Comissão de Economia que reunirá na próxima Quinta Feira.


1 comentário:

José Luís disse...

Srº Carlos Pereira.
Estou completamente de acordo com a sua posição.Infelizmente ao Ps e ao seu actual lider falta uma coisa que é essêncial - CREDEBILIDADE- em projectos,na acção, na coerência politica e até na sua forma de estar. Os socialistas e o povo da madeira estão realmente a FICAR FARTOS dos trocadilhos (esta do Sócrates agora ser o culpado das desgraças do ps,tem piada) do João Carlos Gouveia e os que o rodeiam.O que este senhor deveria fazer e para já,era se pôr no "olho da rua",que fosse nomeada uma comissão administrativa para gerir o partido, que ficaría encarregue da gestão corrente,até a realização de eleições para novo presidente e respectivo congresso.Admiro a sua coragem (e do prof: André Escórcio)por ainda estarem a aturar essa cambada de burros.Espero ainda vê-lo a desempenhar um papel de relevo no seio do Ps.Não tenha medo de avançar e torne-se militante.O Ps precisa é de quadros competentes e que se acabe com a sangria a que se assiste todos os dias.Cumprimentos.