quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Abandono...

Acabo de comunicar à direcção do grupo parlamentar do PS Madeira, dando conhecimento aos restantes elementos, a decisão de me afastar da intervenção do processo relativo à LFR. Esta decisão foi ponderada e é, sobretudo, consequência dos últimos acontecimentos ocorridos na ALRAM onde a direcção do grupo Parlamentar decidiu votar favoravelmente a uma má revisão da lei proposta pelo PSD da qual mantenho reservas absolutas e inequívocas. Em face de tudo isto, considero não existirem condições políticas efectivas para liderar esta questão. Sublinho, da minha parte, a mais firme convicção que a revisão proposta pelo PSD é uma má proposta e que, principalmente, o discurso do PSD de empolamento deliberado dos efeitos da LFR deve ser desmontado objectivamente.

4 comentários:

José Luís disse...

Fêz bem.O tonto do João Carlos que agora vaia para lá defendê-la "e lamber as botas aos gajos do PPD", já que como ele diz a "culpa dos desaires do PS é do Sócrates".

Anónimo disse...

Ainda bem!
O PS-M fica a ganhar!!

Anónimo disse...

Em coerência, e uma vez que as intervenções são na área da economia, talvez a renúncia ao mandato para se dedicar aos seus projectos no continente. As pessoas entenderiam melhor.

PAULO CAFÔFO disse...

Sobre o assunto comentei aqui: http://besoirar.blogspot.com/2009/10/ps-sem-norte-e-ao-sabor-do-vento.html